Livramento Hoje

Livramento Hoje



'Por que meu pai quis me matar?', questiona filho de Eliza Samudio

  Quinta, 11.Outubro.2018 às 10h30


Foto: Reprodução

Após a notícia que o goleiro Bruno pode passar de regime fechado para regime semiaberto domiciliar a partir deste sábado (13), a mãe da modelo Eliza Samudio, morta em junho de 2010, conta que tem vivido dias de angústia. Em entrevista para o site Universa, divulgada nesta quinta-feira (11), Dona Sônia de Fátima Marcelo da Silva Moura, de 52 anos, conta que o filho de Bruno e Eliza, Bruninho, de 8 anos, faz questionamentos como: “Por que meu pai quis me matar?”; “Como a minha mãe morreu?”; “Onde ela está enterrada?”; “Como era a voz dela?”; “Como era o cheiro dela?”; Cadê o meu pai?”. O goleiro Bruno, ex-namorado da modelo, foi condenado a 22 anos e três meses de prisão, por homicídio triplamente qualificado, sequestro e ocultação do cadáver, mas pode ter atualização da pena, caso o pedido da defesa seja aceito pela Justiça. A avó da criança diz que tem medo que o goleiro procure o filho e peça a guarda. “Tenho receio pelas nossas vidas. Minha e do meu neto. É uma mistura de sentimentos. Ele poderá recomeçar a vida dele, minha filha não”, lamentou.

Comentários


Os comentários dos participantes responsabilizam apenas os seus autores, não podendo ao Livramento Hoje de algum modo ser atribuída responsabilidade pelo conteúdo daqueles.