Livramento Hoje

Livramento Hoje



Suspeito de atear fogo e matar sogra no interior da Bahia é detido em São Paulo

  Quinta, 17.Maio.2018 às 07h00


Foto: Reprodução

O homem suspeito de ter matado a sogra após ter ateado fogo no corpo dela, na cidade de Gongogi, no sul da Bahia, foi detido, nesta terça-feira (15), pela Polícia Militar, no município de Mairinque, em São Paulo. Segundo a PM, a mulher foi assassinada em maio de 2015 e, desde então, o homem estava sendo considerado foragido. Durante um patrulhamento de rotina no bairro dos Moreiras, o homem teria se assustado com a presença da polícia e tentado fugir. Ao notar a agitação, a PM não permitiu que ele escapasse. Os agentes não encontraram nada de ilícito com o suspeito, que chegou a apresentar uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa antes de revelar o nome verdadeiro. Na casa em que o homem se escondia foi encontrada uma arma e munições. O imóvel pertence ao irmão do suspeito, que também foi detido por conta do armamento encontrado. Os dois foram encaminhados para o Distrito Policial e o homem apontado como assassino da sogra segue detido à disposição da Justiça. O irmão dele foi liberado mediante pagamento de fiança.
Entenda o caso
O homem é suspeito de ter jogado gasolina e ateado fogo na sogra dele e no neto dela, em maio de 2015, na cidade de Gongogi, sul da Bahia. Hilda Quirino Santos, na época com 79 anos, teria tentado ajudar a filha que estava brigando com o companheiro, antes de ser morta. Os familiares chegaram a socorrer a vítima, mas ela não resistiu aos ferimentos e morreu. O neto de Hilda sofreu queimaduras em parte do corpo e foi internado em um hospital da região.

Comentários


Os comentários dos participantes responsabilizam apenas os seus autores, não podendo ao Livramento Hoje de algum modo ser atribuída responsabilidade pelo conteúdo daqueles.