Livramento Hoje

Livramento Hoje



Anvisa proíbe venda de chás com substâncias irregulares e até insetos

  Quinta, 11.Janeiro.2018 às 09h30


Foto: Reprodução

Lotes de chás da marca da marca Chileno Chás e Ervas tiveram a fabricação, comercialização e distribuição proibidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por possuírem substâncias irregulares. Em um deles, até insetos vivos foram encontrados. Um dos produtos é o chá de alcachofra, que teve todos os seus lotes proibidos exatamente por conter alcachofra (Cynara scolymus L.) na sua composição. De acordo com a Anvisa, o vegetal não é autorizado pela legislação de alimentos do Brasil para o preparo de chás. O outro item barrado é o lote 02917 do chá de camomila da marca. Foram encontrados insetos vivos e mortos no produto, segundo o Laudo de Análise Fiscal Definitivo emitido pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (Lacen-SC). Ambos são fabricados pelo Laboratório Industrial Vida e Saúde Ltda. A Anvisa determinou que o laboratório recolha o estoque dos produtos existentes no mercado. As decisões constam das RE 3272/2017 e RE 3273/2017, publicadas na íntegra no último dia 15 de dezembro, no Diário Oficial da União. De acordo com o 'Globo', a fabricante garante que a empresa cumpriu com a determinação e retirou de todos os estabelecimentos comerciais os lotes dos produtos citados.

Comentários


Os comentários dos participantes responsabilizam apenas os seus autores, não podendo ao Livramento Hoje de algum modo ser atribuída responsabilidade pelo conteúdo daqueles.