Livramento Hoje

Livramento Hoje




Livramento: Justiça determina suspensão de contratações de artistas para festas

  Quinta, 05.Outubro.2017 às 14h00


Foto: Alan Rich | Livramento Hoje

O juiz Antônio Carlos do Espírito Santo atendeu a um pedido do Ministério Público Estadual e decretou a suspensão de contratos firmados pelo município de Livramento de Nossa Senhora, no sudoeste baiano, com artistas e empresas responsáveis pela estrutura e organização de festas previstas para esta sexta-feira (6) e quarta (11). Na ação, o promotor Millen Castro alegou que o "Executivo Municipal parece não se dar conta da gravidade da situação socioeconômica da população de zonas rurais que se encontram passando necessidades derivadas da estiagem excessiva". Castro relatou ainda que durante os festejos juninos, o município gastou mais de R$ 600 mil e agora, menos de 100 dias depois, promove festas com gastos de R$ 50 mil com contratação de empresas e artistas. Os gastos, segundo o promotor de Justiça, acontecem mesmo após ser declarada situação de emergência e de o próprio prefeito José Ricardo Assunção Ribeiro ter decretado medidas de contingenciamento de despesas por conta da diminuição da receita para equilibrar as contas públicas. "A situação de emergência, considerada em decreto estadual, e a situação de crise financeira que abala o município, reconhecida em decreto municipal, estabelecem que o dispêndio de tanto dinheiro com festejos gera grave prejuízo público, principalmente à população mais carente", salientou o promotor de Justiça. (BNews)

Comentários

07.Outubro.2017
Wilson
Gostaria de saber se até 2016 Livramento era uma maravilha, não tinha nenhum problema, porque até onde eu saiba, todos os anos nosso município é considerado em \"situação de emergência\" aproveitando dos Programas do Governo Estadual por conta disso, e mesmo assim sempre foram realizadas festas com trios elétricos nas datas importantes para o município. Qual a diferença para 2017?
05.Outubro.2017
MARCOS
SE O BRASIL PRECISA DE UMA LIMPEZA, EM LIVRAMENTO NÃO SERÁ DIFERENTE. VAMOS CONSCIENTIZAR O POVO PARA MUDAR TODO QUADRO POLITICO NA CÂMARA TAMBÉM. ELES NÃO FISCALIZAM NADA. SÓ QUE NÃO PODE SAIR DE UM VEREADOR E VOTAR NO OUTRO QUE AÍ ESTÁ QUE DAR NA MESMA.
05.Outubro.2017
Ricardinho
Por onde anda os vereadores que não pedem a cassação do prefeito? Tem que seguir o exemplo do município de Terra Nova, já os vereadores pediram a cabeça da prefeita. Aqui parece que estão sendo coniventes com a situação deplorável e desastrosa que é a atual gestão.
05.Outubro.2017
Jorge
GENTE! O PREFEITO NÃO PODE FAZER ISSO COM O DINHEIRO PÚBLICO. MALANDRAGENS... SE FAZ DE QUEM NÃO SABE NADA E... UMA HORA A JUSTIÇA PEGA ESSE PREFEITO...LUDIBRIAR O MP?... CUIDADO PREFEITO! RESPEITA A JUSTIÇA CARA...
05.Outubro.2017
Alba
Eu nunca vi uma população tão pacata como a de Livramento, parece que todos não sabem abrir a boca e protestar, saibam que quem é conivente também sofrerá as consequências, inclusive o pessoas dentro da própria administração. Esse prefeito não existe, foi voto de cabresto. Eu nunca vi uma prefeitura (prefeito e controlador) tão corrupta e ilícita como esta. O cara quer de qualquer forma enrolar o povo e cometer atos danosos para a população. O povo passando necessidades básicas e o descaradinho querendo dar festa.
05.Outubro.2017
DURVAL
QUEREMOS RESPEITO PREFEITO! JÁ CHEGA ESSA ENROLAÇÃO DESGRAÇADA QUE FAZ COM O PESSOAL DO CONCURSO. AGORA QUER GASTAR UM MONTE DE DINHEIRO COM FESTA E ENGANAR O POVO? SE LIGA..., PODE IR ATRAS QUE TEM MAIS... AGUARDEMOS... PARABÉNS A JUSTIÇA...