Livramento Hoje

Livramento Hoje



Resultado da busca pela categoria "brasil"

Dilma diz que fará 'aliança até com o diabo' para combater Jair Bolsonaro

  Terça, 20.Novembro.2018 às 10h30


Foto: Reprodução

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) disse durante a abertura do 1º Forum de Pensamentos Mundial de Crítico, realizado na cidade de Buenos Aires, na Argentina, que fará “aliança até com o diabo” para combater Jair Bolsonaro (PSL). “A gente fará aliança até com o diabo para combatê-los. Agora, tem que ter uma espinha dorsal. Tem que ter um coração. E o coração é antineoliberal e antiautoritário neofascista. Essa a nossa solução”, disse. “Eles deixaram claro que não basta ganhar de nós eleitoralmente. Eles dizem, de forma clara, que querem agora destroçar o partido”, acrescentou a ex-presidente. Dilma ainda negou que o PT tenha saído da eleição derrotado: “Não tivemos uma derrota estratégica. Elegemos a maior bancada no Congresso. Elegemos, partidariamente, o maior número de governadores”.

Ximbinha coloca músicas de Joelma nas alturas e chora em casa

  Terça, 20.Novembro.2018 às 09h30


Foto: Reprodução

Segundo o jornal carioca “Extra”, o cantor Ximbinha ouviu nas alturas várias músicas da ex-mulher, Joelma, no último final de semana em sua casa. O fato chamou atenção de vizinhos, que relataram a situação ao jornal. Segundo os mesmos, Ximbinha ainda chorou durante as músicas e fez elogios à cantora. “Canta demais essa mulher. Canta demais”. Karen Kethlen, sua atual mulher, não estava no momento, de acordo com a publicação. Os dois vivem juntos na mansão onde o guitarrista morava com Joelma.

Idosa de 106 anos é morta dentro de casa e suspeito leva R$ 30

Por: G1   Segunda, 19.Novembro.2018 às 09h30


Foto: Reprodução | Redes Sociais

A idosa Antônia Conceição da Silva, de 106 anos, foi assassinada a pauladas na madrugada desse sábado (17) dentro da sua casa, no município de Feira Nova do Maranhão, a 803 km de São Luís. De acordo com a Polícia Civil, a principal suspeita é de latrocínio (roubo seguido de morte). Segundo a polícia, a idosa estava sozinha em casa quando um homem, não identificado, entrou por um buraco feito no telhado para assaltar a residência. O neto da vítima, que morava com ela, havia ido para uma festa e, quando retornou, encontrou a avó morta. Ao fugir, o criminoso deixou pegadas na parede da casa. Ainda segundo a polícia, ao ser encontrado, o corpo da idosa estava com sinais de estrangulamento e espancamento. Três pessoas já foram ouvidas pela polícia e a principal linha de investigação é latrocínio, já que foram levados R$ 30 reais que estavam com a vítima. Por meio de nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-MA) informou que a Polícia Civil Regional do município de Balsas já está investigando o crime e o caso será conduzido pela Delegacia Municipal de Riachão. A idosa era uma das moradoras mais antigas do município de Feira Nova do Maranhão, que tem pouco mais de oito mil habitantes e havia completado 106 anos no mês passado. O crime revoltou moradores da cidade e a família da vítima, que ainda está abalada com o caso.

Haddad declara dívida de R$ 3,8 milhões de campanha ao TSE M

  Segunda, 19.Novembro.2018 às 09h00


Foto: Reprodução | Agência Brasil

O candidato derrotado no segundo turno da eleição presidencial de 2018, Fernando Haddad (PT), encerrou a campanha com uma dívida de R$ 3,8 milhões, de acordo com a prestação de contas final apresentada pelo ex-prefeito de São Paulo ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Segundo os dados informados pelo ex-prefeito de São Paulo, a campanha arrecadou cerca de R$ 35,4 milhões, e as despesas somaram R$ 39,2 milhões, dos quais apenas R$ 33,6 milhões foram efetivamente pagos. Em um documento anexado à prestação de contas, o Diretório Nacional do PT afirma que o partido irá “assumirá as dívidas contraídas e não quitadas pela campanha” e que elas serão pagas “via fundo partidário ou através de recursos que serão depositados na conta bancária específica de campanha, observados os requisitos da lei eleitoral”. O prazo para a entrega das prestações de contas de candidatos que disputaram o segundo turno das eleições terminou neste sábado.

João Leão se reúne com Jair Bolsonaro nesta quarta-feira em Brasília

  Terça, 13.Novembro.2018 às 10h00


Foto: Reprodução | Bahia Ba

O governador em exercício do estado, João Leão (PP), vai se reunir nesta quarta-feira (14) com o presidente eleito, Jair Bolsoanro (PSL), em Brasília. Rui Costa (PT) está em viagem pela Europa e só retorna na próxima sexta-feira (16). Segundo a Agência Brasil, o evento está sendo organizado pelos futuros governadores do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, e de São Paulo, João Doria. O encontro, marcado para as 9h, será no Centro Internacional de Convenções de Brasília (CICB). De acordo com os organizadoires, a ideia é que seja um “encontro de aproximação. Até agora, confirmaram presença os governadores eleitos do Acre, Gladon Cameli; Amapá, Waldez Góes; Amazonas, Wilson Lima; Distrito Federal, Ibaneis Rocha; de Goiás, Ronaldo Caiado; Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja; Minas Gerais, Romeu Zema; Mato Grosso, Mauro Mendes; do Pará, Helder Barbalho; Paraná, Ratinho Júnior;, Rio de Janeiro, Wilson Witzel; Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra; Rio Grande do Sul, Eduardo Leite; de Roraima, Antonio Denarium; Santa Catarina, Coronel Carlos Moisés da Silva; São Paulo, João Doria; e do Tocantins, Mauro Carlesse.

Adolescente tenta tirar selfie com arma de policiais e morre com tiro no peito

  Segunda, 12.Novembro.2018 às 18h00


Foto: Reprodução | Facebook

Um adolescente morreu ao tentar tirar uma selfie com a arma de policiais militares em São Paulo na última sexta-feira (09). Santhiago Kiss Camargo tinha 16 anos de idade. Segundo a Record, ele estava na casa de uma amiga, que é filha de policiais, e tentou tirar a foto com a arma dos pais da garota. No momento da selfie, um disparo foi feito e atingiu o peito do jovem, que morreu. “Não sei se tinha fácil acesso a essa arma, não sei se meu filho que pegou ou se deram para ele”, contou o pai da vítima, Anderson Camargo, para a Record. Os dois policiais donos da arma estavam trabalhando. A suspeita do delegado responsável pelo caso é que Camargo tenha morrido de forma acidental enquanto tentava tirar a fotografia. A arma foi apreendida.

Enem: candidatos reclamam de prova difícil e ‘seletiva’

  Segunda, 12.Novembro.2018 às 10h30


Foto: Reprodução

Os candidatos que realizaram a segunda prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) neste domingo (11) reclamaram do nível difícil do exame, afirmando que foram apresentadas questões até “seletivas”. Os estudantes tiveram de responder às questões de Matemática e Ciências da Natureza, incluindo Biologia, Física e Química. “Matemática é uma ciência exata, mas as questões foram formuladas de forma pouco objetiva”, disse Cleiton Dutra, de 38 anos, que saiu do ensino médio há mais de 15 anos e já fez o Enem em 2014. “Não tinha clareza, precisava ler o enunciado mais de uma vez para entender.” O candidato Jonathas Camargo, de 25 anos, e que prestou seu terceiro Enem, disse que as provas estão cada vez mais difíceis e seletivas. “As questões de Matemática e Física foram uma palhaçada, parece que foram direcionadas para quem fez cursinho. Quem sai do ensino médio em escola pública não tem a menor chance”, reclamou. Ele concluiu o ensino médio há cinco anos, mas já fez um ano de Engenharia Civil. “Causa revolta, pois parece que a intenção é obrigar a fazer cursinho. Não cai nada do que ensinam em escola pública. Estou cursando ensino superior e acho que vou ter de fazer cursinho para ir bem no Enem.” Lais Stefanie, de 19 anos, também achou o Enem deste ano mais difícil que no ano passado. “É o terceiro (Enem) que faço e, apesar de estudar muito, o nível de dificuldade tem aumentando, sobretudo na área de Ciências. No ano passado, estava mais fácil.” Ela já cursa Administração e tenta bolsa. Em seu primeiro Enem – ele está concluindo o terceiro ano do ensino médio -, Thiago Luz, 16 anos, considerou as questões de Matemática muito difíceis. “Algumas estavam confusas, mas acho que fui melhor na parte de Ciências.” Concorrendo ao curso de Farmácia, ele havia prestado Enem em 2017 como treineiro. “Não fiz cursinho, mas estudei muito pelo Youtube”, disse. Informações do Estadão.

Preso desde abril, Lula começa a dar primeiros sinais de tristeza, diz coluna

  Segunda, 12.Novembro.2018 às 09h30


Foto: Reprodução | Facebook

Preso na sede da Polícia Federal, em Curitiba, há sete meses, o ex- presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) começa a dar os primeiros sinais de tristeza, de acordo com a coluna Radar, da revista Veja. Contudo, segundo a publicação, os advogados do petista se mostram aliviados com saída do juiz Sergio Moro da Operação Lava Jato, em virtude da ida dele para o comando do Ministério da Justiça e da Segurança Pública. A coluna diz ainda que a defesa avalia que Gabriela Hardt, substituta de Moro, é dura, mas mais afável que o antecessor.

Petrobras anuncia nova redução no preço da gasolina nas refinarias

  Sexta, 09.Novembro.2018 às 09h00


Foto: Alan Rich | Livramento Hoje

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira (7) uma redução de 0,48% no preço da gasolina nas refinarias. De acordo com a estatal, o preço do litro passa a ser negociado a R$ 1,7082. Este é o 13º corte seguido no preço médio do combustível.Desde o ano passado, a Petrobras passou a adotar uma nova política de reajuste de preços. A nova metodologia prevê reajustes com maior periodicidade, o que acaba refletindo os preços praticados no mercado internacional. Além do valor nas refinarias, também influenciam no preço final da gasolina o custo do etanol anidro, impostos e contribuições como ICMS, Cide, PIS/Pasep e Cofins, além do lucro de distribuidores e revendedores.

Petrobras reduz preço da gasolina pela décima vez seguida

  Quarta, 07.Novembro.2018 às 08h00


Foto: Alan Rich | Livramento Hoje

A Petrobras reduzirá novamente o preço da gasolina em suas refinarias nesta quarta (7). Será o décimo corte consecutivo desde o recorde de R$ 2,2514 por litro atingido no dia 14 de setembro, mas ainda sem impacto relevante nas bombas. Nesta quarta, a gasolina nas refinarias da estatal será vendida a R$ 1,7165, o menor valor desde 14 de abril. Entre o dia 22 de setembro, quando começou o ciclo de cortes, e esta quarta, a queda acumulada é de 23,7%. O movimento acompanha a redução das cotações internacionais e da taxa de câmbio, que começou a ceder às vésperas do primeiro turno da eleição de outubro. Com a escalada dos preços durante o ano, a gasolina vem perdendo mercado para o etanol: no segundo trimestre, as vendas do combustível pela Petrobras caíram 9% em relação ao trimestre anterior, para 433 mil barris por dia. Na comparação com o terceiro trimestre de 2017, a queda é ainda maior: 15,4%, de acordo com balanço divulgado nesta terça (6) pela companhia, que trouxe lucro de R$ 6,6 bilhões. A queda nos preços dos combustíveis reduz a pressão sobre a política de preços da estatal, que foi bastante questionada no período que antecedeu a greve dos caminhoneiros, em maio. Mas ainda não chegou às bombas: segundo a última pesquisa de preços da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis), o preço médio da gasolina nos postos era R$ 4,709 por litro na semana passada. O valor é apenas 0,3% menor do que o verificado na semana anterior e 1% mais caro do que o vigente na semana em que a Petrobras iniciou o ciclo de queda, no dia 19 de setembro.

Moro aceita superministério da Justiça de Bolsonaro

  Quinta, 01.Novembro.2018 às 11h00


Foto: Reprodução

O juiz federal Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, aceitou nesta quinta-feira, 1, o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro(PSL) para comandar o superministério da Justiça. O magistrado vai divulgar uma nota detalhando os termos da proposta que aceitou. Moro deixou o condomínio onde mora o presidente eleito, no Rio, às 10h45, após cerca de 1h30 de reunião. Na saída, o magistrado chegou a deixar o carro onde estava para falar com a imprensa, mas, diante do tumulto no local, não fez nenhuma declaração. O juiz chegou às 9h à residência de Bolsonaro. O presidente eleito convidou Moro para assumir um superministério da Justiça, ampliado e com órgãos de combate à corrupção, que estão atualmente em outras pastas, como a Polícia Federal e o Coaf, que estão envolvidas nessa operação. Ao desembarcar no aeroporto Santos Dumont, pela manhã, o magistrado não falou com a imprensa e, antes de chegar à casa do presidente eleito, fez uma pequena parada em um hotel que vem sendo usado como uma espécie de QG para quem visita Bolsonaro. No Santos Dumont, Moro desembarcou diretamente na pista de pouso do aeroporto, de onde partiu em um carro da Polícia Federal. Durante o voo, Moro falou com a Rede Globo, que o acompanhou na viagem. Segundo o G1, o magistrado disse que a motivação de seu encontro com Bolsonaro se dá em razão de o País precisar de uma agenda anticorrupção e anticrime organizado. “Se houver a possibilidade de uma implementação dessa agenda, convergência de ideias, como isso ser feito, então há uma possibilidade. Mas como disse, é tudo muito prematuro”, disse Moro à reportagem da Globo. Durante o voo, ele chegou a dizer que ainda não há nada definido. “Ainda vai haver a conversa”, emendou. Na tarde desta quarta-feira, 31, a colunista Sonia Racy, do Estadão, disse que Moro aceitaria o convite de Bolsonaro porque assumiria um ministério da Justiça ampliad

Sérgio Moro deve ser anunciado como ministro encontro com Bolsonaro será nesta quinta

  Quarta, 31.Outubro.2018 às 10h00


Foto: Reprodução

O juiz Sérgio Moro deve ser apresentado ainda nesta semana como novo ministro da Justiça. Isso porque o magistrado responsável pela Operação Lava Jato quer como garantia de Jair Bolsonaro (PSL) que o Ministério da Justiça será “totalmente blindado de interferências políticas”, exatamente como o presidente eleito quer lhe garantir. Sérgio Moro e Bolsonaro devem se encontrar nesta quinta-feira (1º), no Rio de Janeiro, segundo o jornal O Globo. O acordo que levará o juiz para o Planalto deve ser acertado neste encontro.

Haddad volta a chorar durante reunião e diz que queria vencer eleição por Lula

  Quarta, 31.Outubro.2018 às 07h30


Foto: Reprodução

O petista Fernando Haddad voltou a chorar ao falar da campanha, desta vez nesta terça-feira (30), em reunião com dirigentes do PT em São Paulo nesta manhã. O candidato derrotado nas eleições presidenciais chorou ao relembrar a disputa e falar da família. Ele também comentou os ataques que sofreu via WhatsApp durante a campanha. O ex-prefeito pediu desculpas caso tenha cometido erros na condução da campanha e, segundo a Folha de S.Paulo, foi ungido como liderança da oposição por dirigentes petistas que participaram da reunião. Haddad também foi muito aplaudido ao dizer que gostaria de vencer a corrida presidencial pelo legado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Homem invade hospital e atira contra mulher com bebê no colo

  Terça, 30.Outubro.2018 às 10h00


Foto: Reprodução | Tv Globo

Um homem entrou na pediatria do Hospital Regional de Ceilândia, no Distrito Federal, às 17h desta segunda-feira (29) e atirou contra uma mulher que segurava um bebê no colo. De acordo com a Polícia Militar, o atirador é marido da vítima. A segurança do hospital é feita por vigilantes. Segundo testemunhas, o homem entrou pela porta principal e foi até a pediatria. Graziele Souza Carvalho esperava pela medicação da filha, que havia passado por uma consulta médica. Ao ver a mulher, que estava de pé, o suspeito disparou várias vezes contra ela. Pessoas que estavam no local disseram que Graziele jogou a criança no chão para que ela não fosse atingida. Dois tiros acertaram a mãe. Às 19h, segundo os médicos, a mulher passava por uma cirurgia no próprio Hospital Regional de Ceilândia. O estado de saúde dela não foi divulgado. A bebê está no berçário. A direção do hospital confirmou que a paciente estava no corredor e aguardava a medicação para a bebê. Disse ainda que o pai da criança se identificou na recepção, onde havia dois vigilantes, e pediu para entrar. Segundo o hospital, a mãe foi consultada e confirmou o parentesco. A entrada dele, então, foi liberada. A Secretaria de Saúde informou que mãe e filha estão recebendo toda a assistência necessária e não correm risco de morte. A pediatria foi fechada para perícia. Depois de atirar, o homem fugiu. A Polícia Militar procura o suspeito.

Moro não descarta participar do governo de Jair Bolsonaro

  Terça, 30.Outubro.2018 às 08h30


Foto: Reprodução | REUTERS

Um dos nomes cotados para integrar o governo de Jair Bolsonaro, o juiz Sérgio Moro não descarta ter papel ativo no Planalto. Moro poderia participar de duas formas: como ministro da Justiça e como membro do Supremo Tribunal Federal (STF) -opções que foram confirmadas por Bolsonaro em entrevista ao "Jornal Nacional". De acordo com o jornal "O Globo", ele aceitaria qualquer uma das hipóteses.  O juiz teria dito a interlocutores que uma das vantagens de ser parte do governo Bolsonaro é afastar o temor de que poderia haver uma quebra do Estado Democrático de Direito. Se ocupar o Ministério da Justiça, Moro já vai em 2019 para Brasília. Se a opção for a indicação ao STF, a mudança deve ocorrer apenas em 2020, quando Celso de Mello completa 75 anos.